sábado, 21 de julho de 2012

Xuxa, Aline Barros e outros artistas na simbologia illuminati in Brasil - PARTE 1



Quando se trata de simbolismos com temas ocultos/esotéricos presentes na mídia de comunicação em massa, artistas e celebridades internacionais são referências diretas e objetos de diversas análises semióticas para comprovar a existência de uma "elite oculta" — ou, no mínimo, da realização de uma agenda global. Entretanto, a carência de uma observação analítica mais profunda em um contexto nacional, pode resultar na ideia de que esses mesmos temas fogem do cenário musical brasileiro. Neste artigo, vamos explorar brevemente como essa influência temática se aplica ao Brasil.

Propagando a Nova Era no Brasil
Xuxa e vários artistas no Criança Esperança (2011) cantando o tema-título da campanha contra exploração sexual infantil, "Carinho de Verdade". O logotipo da campanha é uma borboleta, um dos símbolos dos adeptos da Nova Era por representar metamorfose e transformação. Para o vídeo oficial da campanha foram utilizados artistas como Victor & Leo, Padre Fábio de Melo e Aline Barros.

A gente se liga em você ;)

"Rainha" Xuxa rodeada por velas, flanqueada por duas torres/colunas, em uma esotérica/cabalística posição de lótus, reproduzindo o maçônico Sinal de Admiração: ritual oculto. Imagem do cenário de gravação do videoclipe de "Oração de Um Novo Milênio".
A maior polêmica ao redor de Xuxa e sua imagem são os boatos sobre seu suposto envolvimento com o satanismo. Vamos explorar os fatos procurando desmistificar alguns itens:
Alexandre Canhoni em sua época de Paquito. (crédito da imagem: A Nave Da Xuxa)
Em 1997, o ex-Paquito (grupo masculino de cantores e dançarinos jovens que se apresentavam em um dos programas da Xuxa) Alexandre Canhoni causou espanto entre seus fãs e os de Xuxa ao queimar em praça pública todos os seus objetos relacionados à antiga carreira de Paquito como: fotos, troféus, discos de ouro, etc. Alexandre afirmava que havia se convertido e que por isso "renegou e renunciou". Segundo relato do próprio Alexandre: 
"[...] 98% dos artistas, e isso é fato, fazem pactos satanistas. Eu tinha feito um pacto, toda nossa equipe era satanista. Reverencíavamos ao diabo, cada um na sua linha. Eu frequentava um terreiro. Nós oferecíamos a alma em troca do sucesso, mulheres, dinheiro e glória própria. A mim, Satanás pediu o suicídio quando eu estivesse no meio do auge. [...] ele prometeu-me projeção e sucesso nacional e internacional. [...] Eu me envolvi com o espiritismo e com a prostituição. Nesse meio não adianta você ter um talento. é claro que é necessário ter um certo talento, mas o que importa mesmo é você vender seu corpo, você se prostituir, isso é o que vale, isso é taxativo. Isso acontece em qualquer emissora de TV." — http://testemunhos.vilabol.uol.com.br/Ex_Paquito.html
Alexandre Canhoni queimando seus objetos.
Ainda segundo Canhoni, o nome "Xuxa" seria possivelmente uma sigla ou anagrama dos nomes Exú-Mirim e Xangô, deuses das religiões afro. No entanto a própria apresentadora apresenta discrepâncias em relação à origem do seu apelido: em entrevista à revista VEJA publicada em agosto de 2008, Xuxa afirma: "Quando eu nasci, meu irmão, com dois anos e meio na época, me viu pela primeira vez e disse: 'Xuxa'. Não significa nada, mas gosto muito." [fonte]. Em seu programa TV Xuxa, comemorando seus 25 anos de carreira, a mesma afirma que "sempre disse que Xuxa significa 'arco-íris bonito'" [assista o vídeo].
Se tudo o que Alexandre diz é verdade ou não, nunca saberemos. Mas é interessante como os relatos do ex-paquito sincronizam com os artigos dentro deste blog. Contudo, na falta de provas, podemos elaborar arugmentos baseados em observações significativas na carreira da cantora.

Lembrando que NÃO é objetivo deste artigo, acusar de os artistas de "satanismo". Mas apenas desenvolver argumentos, com base em observações de símbolos e temas recorrentes nas suas músicas e ideologias, que validem a teoria de que artistas estando eles conscientes disso ou não  são meros fantoches da mídia e da elite, sendo utilizados para promover seus propósitos.
Xuxa em seu programa Xuxa Park. Ela começava o programa chegando denrto de uma pirâmide. Note no fundo: o sol iluminado o tôpo e os cristais: inconfundíveis símbolos do movimento Nova Era, da maçonaria illuminista illuminati.
Em uma outra abertura do mesmo programa Xuxa Park, Xuxa surgia de uma esfera/globo iluminado flanqueada por anjos dourados (cor da iluminação) e os cristais sempre presentes: símbolos inconfundíveis do movimento Nova Era.
Xuxa e sua filha em apresentação no programa Criança Esperança 2005. Essa imagem clássica dos blogs sobre conspiração mostra Xuxa com um peculiar colar que traz uma cruz negra invertida como podemos ver no vídeo. Note as estrelas e luas também: consagradas à deusas-mãe tipo Ísis, são símbolos relacionados à magia, advinhação, astrologia, etc.










































Claro, tudo isso é mera especulação. No entanto, é fácil perceber que certas coisas no trabalho e na carreira da apresentadora harmonizam tão perfeitamente com os ensinamentos dessas filosofias e doutrinas que você se questiona até onde vai o envolvimento de Xuxa nisso tudo.

O suposto "satanismo" de Xuxa (que na verdade é católica) encontra-se nas mensagens que a suas músicas, vídeos e apresentações passam.  ESQUEÇAM AS MÚSICAS REVERTIDAS. Tudo é muito mais óbvio que isso.

A música de abertura do programa Xuxa Park (o mesmo que mostrava uma enorme pirâmide) era uma versão traduzida da música "Aquarius" do musical Hair, cuja letra diz basicamente:
"Quando a luz do milênio chegar
Um novo sol, no céu vai brilhar
A paz guiará os planetas
O amor então declarar
Está nascendo a nova era de Aquários"

Capa do CD "Sexto Sentido", perceba o flagrante disco-alado solar com cabeça de águia/falcão: representação de Hórus/Rá.
Disco solar alado, composto por um orbe/esfera/globo com asas, é uma insígnia de Amon, Rá, e Osíris (Manly P. Hall, The Secret Teachings of All Ages, p. 135).
O fato de Xuxa ter, possivelmente, escolhido (acredito que tenha sido os produtores do programa) a música Aquarius como tema de abertura, diz bastante sobre o motivo da existência da carreira da cantora como apresentadora infantil. O modo como esses princípios da Thelema permeiam-se pelas músicas da Xuxa é perturbador  claro, tudo é muito florido e camuflado:
Em "O Poder do Sonho", Xuxa canta o seguinte (excertos): 
 "Em cada coração existe um lugar
que acende a luz da imaginação
A força do querer mostrou o que é o amor
trazendo aqui muitos corações
E a luz que você pensa que apagou vai renascer
Quando o mundo se unir
quem de nós vai desistir
é o poder do sonho que nos traz aqui
Queremos espalhar exércitos de paz
Um mundo novo, uma só nação
Crianças vão nascer nesse mundo sem sofrer
A força do amor está aqui
Existe muita força em mim e em você
Vamos todos juntos nos unir
 
Abre os olhos para ver o que existe em você"
Note como ela insiste na "luz/força" que "existe dentro de você". Grande parte das correntes esotéricas creêm que o ser humano guarda dentro de si (especificamente no coração) uma parte de Deus. A chegada da Nova Era seria o momento crucial para o despertar dessa porção divina que traria o homem de volta ao aspecto divino original do paraíso de onde ele teria caído ao conhecer o bem e o mal. Para a Thelema, isso seria alcançado equilibrando "vontade" com "amor" — Xuxa deixa isso bem claro ao unir as palavras "querer" e "amor" na mesma frase.

E eu não vejo como Xuxa pode deixar mais claro para o leitor, o objetivo final de toda essa conspiração, nas frases: "Quando o mundo se unir"; "Queremos espalhar exércitos de paz"; "Um mundo novo, uma só nação".

A metáfora para a "luz interior" é resumida na frase de Crowley: "Todo homem e toda mulher é uma estrela" e Xuxa a utiliza da mesma maneira em, por exemplo, "Estrela da Paz".
Em "Estrelinha", é impressionante como Xuxa descreve em forma de poesia a concepção de uma estrela através da união do sol e da lua. Sírius é uma importante estrela para os esotéricos e ocultistas e é dita como sendo gerada da união do sol e da lua (queira ver: "A Conexão Misteriosa entre Sirius e a História Humana").
letra de "Máquina do Tempo" é particularmente interessante por estas frases:
"Passamos do ano 2000 e vemos o nosso Brasil
Mais lindo e mais cheio de paz e amor
Viagens espaciais o sonho dos ancestrais
Estamos com ET no disco voador 

Não existe fim do mundo
Não existe mais guerra
Só o começo de uma nova era"
De acordo com algumas vertentes do movimento Nova Era, os seres divinos são alienígenas que se expuseram aos humanos para transmitir seu conhecimento. Outros dizem que os alienígenas voltarão para provocar uma catarse em cadeia nos humanos sobre sua verdadeira condição superior; David Icke diz que os alienígenas já estão aqui e que pretendem nos impedir de alcançar essa evolução espiritual. Seja como for, com base no que se sabe dessas crenças, ETs desempenham um papel importante na mitologia futurística da nova era.  
Aliás, você nunca se perguntou por que a Xuxa é tão obcecada por discos voadores/naves espaciais?

A letra de "Oração De Um Novo Milênio" não é tão explícita quanto às outras mas sem dúvidas, a mesma mensagem está lá. O clipe desta música é conhecido por causa da imagem lá em cima, de Xuxa naquele possível ritual — aludindo ao caráter esotérico que a música carrega.
Em ordem de promover a sexualização, Xuxa era apresentada às crianças de forma sensual, ora trajando roupas minúsculas, ora não trajando nada. A maior parte de seus programas, ela usava nada menos que um shortinho curtíssimo, ou roupas como essa da imagem acima. Lembrem-se: a liberação sexual faz parte da filosofia da Thelema/Nova Era.
É interessante ressaltar que o nome verdadeiro de Xuxa é Maria das Graças. Seu nome diz muito sobre seu status na mídia. Como eu apontei na postagem sobre Madonna, artistas e celebridades femininas de considerável posição na mídia de entretenimento são na verdade "Marias" aludindo à personagem do filme Metrópolis(1927); elas são mediadoras entre a cabeça (a elite) e a mão (a classe operária: nós, os profanos "não-iluminados"). Essas "Marias" são cultuadas ao status de deusas pela elite e pela massa. Com Xuxa, isso não é diferente. Não é difícil perceber que Xuxa tem sido devidamente "adorada", no sentido literal da palavra. 

Em 1996, foi lançado em comemoração aos 10 anos de carreira da Xuxa, o videoclipe "Minha Rainha"onde a popular cantora gospel Aline Barros canta em homenagem à Rainha dos Baixinhos. A bela música, apresenta trechos interessantes que combinados com as imagens do clipe, elevam Xuxa ao famigerado status de "deusa"/santa. Enfatizo aqui os versos com maior significado:

"O que quer dizer teu nome? Não existe tradução
Uma graça de Maria fez um X na tua mão
Cada dia mais amada, essa menina, essa mulher
Cada pétala tirada vira mais um bem-me-quer


Minha rainha, minha estrela encantada
Vc é iluminada pelos raios da paixão
Minha rainha, fada mãe, fada madrinha
Nos teus olhos se adivinha o que diz teu coração"
Em resumo: leia este artigo que encontrei, que apesar de se equivocar em algumas partes, o autor fez um ótimo trabalho analisando o videoclipe.
Aline Barros adere à campanha cujo logotipo é uma inexplicável borboleta.
Aline Barros (que declarou diversas vezes ser muito próxima de Xuxa) é contratada da gravadora MKPublicitá que é regida pelo deputado Arolde de Oliveira, o que fará seus sentidos dispararem se você tem conhecimento da situação brasileira sobre a relação da Maçonaria com a câmara dos deputados e a política em geral no Brasil (é realmente interessante como a indústria da música, TV, a política e as sociedades discretas parecem possuir um certo tipo de ligação ;). Arolde aparenta ter ligações com a Rede Globo pois o mesmo já declarou que se encontrou pessoalmente com o "Dr Roberto Marinho" neste interessante debatepublicado pelo senado.gov.br onde o mesmo aparentemente defende o Roberto Marinho se esquivando de questões sobre a influência da TV Globo sobre a opinião política do público brasileiro. Mais sobre sobre a MK Publicitá aqui.

Não pretendo desenvolver muita coisa sobre Aline Barros, pois é difícil dizer se sua gravadora possui alguma ligação com a Maçonaria de fato, mas as possibilidades definitivamente estão aí: 

Aline Barros na gravação de seu DVD infantil. Por que ela está usando asas de Ísis?
(essas colunas realmente deveriam estar tão bem alinhadas?)
Imagens perturbadoras do DVD de Aline Barros. Dualidade maçônica.
Neste belo vídeo, Aline Barros canta no Show da Virada de 2011, obviamente promovido pela Rede Globo. Isso foi de extrema significância para o contexto do show pois o ano que viria/veio a seguir foi 2012, e as imagens mostram todo o caminho percorrido pela "elite" em função de criar a "era de paz" para o mundo (isto é: criar guerras e catástrofes "naturais"). A imagem do 11 de setembro é importante pois, segundo conspiracionistas, foi o ritual oculto que tornou-se o ponto de partida do plano de prática para a implementação da Nova Ordem Mundial (simbolizada pelas imagens da natureza no final da canção).

Essas imagens tornam esse depoimento de um suposto ex-maçom mais interessantes (ele afirma que a Maçonaria controla os artistas evangélicos da mídia). Mais sobre Aline Barros neste link.

Outros artistas que aparecem frequentemente pela programação da emissora, e também são amigos de Xuxa, são os que mais recebem por direitos autorais no país: Victor & Leo.

Victor e Leo usam borboletas na promoção da campanha contra abuso infantil Carinho de Verdade. Não consegui encontrar nenhuma informação oficial sobre o motivo do uso da borboleta como logotipo da campanha.
A dupla Victor e Leo possui uma interessante mobilização em relação a questão espiritual de suas músicas, e insistem no fato de que essa é a verdadeira intenção das mesmas. Segundo a própria página oficial da dulpa:
"Victor & Leo são artistas que, em uma só dupla, reúnem talento para compor, produzir, arranjar, dirigir, tocar, interpretar, e usar tudo isso para transmitir amor eespiritualidade para o público através de sua arte." — http://victoreleo.com/dupla/index_ada.php acessado em 09/02/2012 às 07h51
E também: 
"Victor & Leo fazem questão de demonstrar sua intenção espiritualista para com a música. Acreditam que as virtudes interiores de cada um podem ser transformadas em felicidade quando despertadas através de atitudes com base no amor e em Deus. Por isso, usam sua música para dividir estas energias com as pessoas em busca de um mundo melhor." — Ibid.
A definição de "espiritualidade" ainda não está clara, mas o conceito básico está perfeitamente de acordo com o ecumenismo promovido pelo movimento Nova Era (religião mundial).

De acordo com o site Espírito.org: "Todos os religiosos, como aceitam a Alma e Deus, são, por isto mesmo, espiritualistas. Assim, a pala espiritualista tem significado muito vasto, abrangendo o católico, o protestante, o umbandista, o candomblecista, o israelita ou judeu, o islâmico ou mamometano etc."[fonte]
Autor:Carneiro negro

CONTINUA...

Fonte:Apocalink 

ARTIGOS E POSTAGENS RECENTES